Acesse nosso portal

Visão empreendedora

Dois a cada três jovens brasileiros sonham em empreender. Mais de 70% deles estão em busca de realizar sonhos, ter melhor qualidade de vida e ganhos financeiros acima do que o mercado de trabalho oferece.

Não é preciso ter perfil empreendedor para lançar-se em tal empreitada. É possível aprender a ter visão empreendedora, e a universidade é o melhor lugar para isso.

É onde você constrói seu primeiro networking, tem a possibilidade de trocar conhecimentos e experiências com outras pessoas e vivenciar um ambiente propício ao desenvolvimento das competências essenciais a todo empreendedor.

Confira agora mesmo por que a faculdade é o melhor lugar para começar sua trajetória de sucesso!

Breve histórico da visão empreendedora na faculdade

O ensino do empreendedorismo para o nível superior começou na Universidade de Harvard que, em 1947, iniciou um curso em sua Escola de Administração. O objetivo era favorecer a colocação de ex-soldados no mercado de trabalho.

Derivada da crise econômica que se instalou no pós-guerra, a ênfase dada foi no “auto-emprego”, na autonomia. Estudos posteriores revelaram que nações cujos profissionais eram formados nesse sistema de ensino tornavam-se mais prósperas com o passar dos anos.

No Brasil, a ênfase no empreendedorismo ainda é um diferencial de poucas instituições de ensino, como é o caso da Uniamérica. Um ambiente progressivamente mais complexo torna-se um grande desafio para quem advém de uma formação tradicionalista.

Por outro lado, a definição das principais características empreendedoras ainda na faculdade permite ao aluno tornar-se agente ativo em seu campo de conhecimento e área de atuação, tornando-se menos dependente de fatores externos em sua jornada profissional e mais propenso ao sucesso.

Como acontece o empreendedorismo na faculdade?

Especialistas na área apontam que qualquer pessoa pode desenvolver o perfil de empreendedor. Para alcançar esse objetivo, porém, a proposta pedagógica da instituição deve pautar-se no ensino ativo, tal qual o da Uniamérica.

A definição das principais características empreendedoras exige projetos práticos e aplicados à realidade. O professor torna-se um orientador do aluno, guiando-o em direção ao desenvolvimento de suas competências de forma cada vez mais independente.

O aluno deixa de ser apenas um receptáculo para conteúdos teóricos. Ele adquire capacidades muito mais complexas e úteis para o seu aprendizado. Vinculando-se prática e teoria, forma-se um profissional verdadeiramente capacitado ainda durante a graduação.

Por que o empreendedorismo na faculdade é importante?

A visão empreendedora permite que o aluno esteja atento às necessidades do mercado e utilize todo seu arsenal de conhecimentos a favor do crescimento. O próprio ensino teórico será aprimorado, pois tendo um objetivo concreto a desenvolver, sua persistência e interesse serão mais ativos durante a formação.

Você deseja ser apenas mais um ou o melhor que pode ser? Empreendedorismo não é sobre abrir uma empresa para fugir da crise, mas desenvolver o seu potencial para angariar valor e autonomia em todos os aspectos da vida!

Inovação, proatividade e análise de riscos são os principais aspectos presentes no perfil do empreendedor. É preciso criatividade e imaginação para superar as dificuldades impostas pelo mercado, assim como flexibilidade, adaptabilidade e resiliência para superar obstáculos e seguir sempre em frente.

Você tem visão empreendedora? talvez queira saber A IMPORTÂNCIA DE INTEGRAR TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Todo empreendedor começa por um bom curso de graduação:

Conheça nossos cursos

 

 

Topics: Educação Superior

Caio Miranda

Escrito por Caio Miranda