Acesse nosso portal

O profissional de Nutrição tem um amplo campo de atividades no mercado de trabalho brasileiro. Com uma formação cada vez mais abrangente e multidisciplinar, o nutricionista pode atuar nos diversos setores — que vão desde o de serviço (como em hospitais, hotéis e consultórios) até o industrial.

Essa gama de possibilidades vem da crescente atenção para a alimentação como um fator inibidor de muitas enfermidades que afetam a população mundial. Diabetes, desnutrição e obesidade são apenas algumas das muitas preocupações atuais.

Para saber mais sobre esse cenário e por quê o profissional de Nutrição tem encontrado um bom campo de trabalho, continue lendo nosso artigo!

Crescente atenção para a Nutrição em Saúde Pública

No início de 2017, a Organização das Nações Unidas divulgou um relatório que chamou atenção para o problema da obesidade e do sobrepeso no Brasil. Segundo o estudo, mais da metade da população do país está com sobrepeso, enquanto 20% dos adultos sofrem com a obesidade.

O dado alerta para o problema da má nutrição e vem acendendo nas autoridades a necessidade da adoção de políticas públicas de educação, orientação e assistência nutricional.

A Nutrição em Saúde Pública é, justamente, um dos mais promissores campos de trabalho para o nutricionista. Junto com à Nutrição Esportiva, o campo se destaca como uma tendência de combate às consequências do sedentarismo e da má alimentação.

Aumento do mercado industrial e de nicho

Aqueles que cursam ou pretendem cursar uma faculdade de Nutrição não têm apenas a área de políticas públicas como alternativa. A indústria é um segmento que contrata cada vez mais esses profissionais, principalmente no desenvolvimento de novos produtos alimentícios e para a realização de rotulagem e cálculos nutricionais.

O marketing e o mercado de nicho são outros setores que os nutricionistas devem dar atenção, especializando-se para conseguir inserção no mercado. Segundo o relatório Brasil 17, há uma tendência de parte da população brasileira em evitar produtos nocivos ao meio ambiente ou não saudáveis. Assim, criam-se segmentos que apenas consomem produtos “free-from”, ou seja, veganos ou isentos de algum componente como o glúten e a lactose.  

As marcas estão buscando ser sustentáveis e satisfazer essa parcela de público que se importa com questões sobre a ética alimentar e a sustentabilidade. Para isso, contam com o apoio de profissionais capacitados da área de Nutrição.

O que buscar em uma faculdade de Nutrição?

Para aproveitar essas oportunidades, o futuro profissional deve buscar instituições de ensino que estejam atentas aos novos caminhos da Nutrição. Existem faculdades em Foz do Iguaçu que já oferecem uma formação atualizada com as demandas do mercado, inclusive, com disciplinas voltadas para empreendedorismo — uma outra ótima possibilidade de atuação.

Os problemas de saúde pública e as oportunidades oferecidas por esses mercados de nicho são importantes entradas para o profissional. No entanto, é preciso se destacar. A qualificação e atualização constantes são indispensáveis para a construção de uma carreira de sucesso.

Achou as informações úteis? Que tal dividir esse conhecimento com mais pessoas? Compartilhe essa postagem em suas redes sociais!

Conheça agora o curso!

Leia também: Como pagar menos ou obter bolsas de estudos para faculdade?

Topics: Nutrição

Caio Miranda

Escrito por Caio Miranda

   

Posts recentes